5 coisas que Minha Filha Aprendeu Viajando

Viagens são enriquecedoras. Nelas aprendemos muito sobre tudo e até sobre nós mesmos. Ninguém volta de uma viagem do mesmo jeito que partiu. Sempre há uma coisa nova a aprender. Mas e as crianças? O que elas aprendem viajando? Perguntei a minha filha e ela listou as 5 coisas que ela aprendeu viajando.

5. Aprendeu a relacionar viagens ao estudo:

Segundo ela, viajar ajuda nos estudos. Quando visitamos um museu ela consegue associar com alguma aula de história que já teve e consegue entender melhor todo o contexto. As viagens também já ajudaram a pequena em aulas de geografia e português. Quando uma matéria está difícil de assimilar, ela sempre pergunta se há algum lugar para visitarmos para que ela possa ver a “aula” de uma forma diferente.

Imperdível

4. Aprendeu a ser mais paciente:

Como viajamos muito de carro, precisamos ter muita paciência. Imprevistos e perrengues podem acontecer e aquela viagem curta pode se tornar longa por diversos fatores. Já ficamos por 3 horas parados na serra num frio tenebroso e foi preciso bom humor e paciência. Além do mais, às vezes passamos cerca de 12 horas dentro do carro e é preciso entender que aquilo é necessário para chegarmos ao nosso objetivo. Não adianta ficar igual ao “burrinho do Shrek” perguntando toda hora se está chegando. Nós geralmente falamos um horário médio para chegar ao destino final, e ela espera de boa. E em muitas atrações nas viagens, nós precisamos encarar longas filas para entrar em alguma atração ou participar de atividades.

Super divertido

3. Aprendeu a ser mais criativa:

Esse item está relacionado a ter paciência, pois em viagens com grandes deslocamentos é preciso muita criatividade para o tempo passar de forma agradável. Então ela inventa brincadeiras, jogos e histórias para a diversão de todos e tudo fica mais animado e leve.

2. Aprendeu a ser mais colaborativa:

Viajar em família é como jogar em uma equipe. É preciso colaborar. E a colaboração já começa no planejamento da viagem. Precisamos encaixar o roteiro para que agrade a todos. E como não dá para fazer tudo, cada um abre mão de alguma coisa para dar espaço ao outro. E a colaboração vale também para arrumação de mala, para revezamento em filas, ajuda para lavar o carro no meio da viagem, trocar um pneu, entre tantas outras coisas.

Camille pulou umas mil vezes. Haha

1. Aprendeu que o conceito de felicidade é muito relativo:

O que mais me orgulha na Camille, é saber que ela entende que o mundo não gira ao redor das vontades dela. Como nós viajamos muito de carro pelo Brasil, nós já vimos que a realidade de muitas regiões é totalmente diferente da nossa. E que o conceito de felicidade é outro. No sertão, felicidade é ter água e um prato de comida. No interior do Maranhão felicidade é ter uma terra pra plantar e uma casa pra morar (e o interessante é que essa casa não precisa ser bonita, nem de alvenaria. Só precisa ser uma casa). Em algumas regiões, ser feliz significa ter uma família grande onde todos trabalhem juntos. Já em outras a felicidade é ter status. E por aí vai…

Na última viagem que nós fizemos, perguntei a ela o que é ser feliz. A resposta foi essa:

Ser feliz é ter saúde e poder estar junto dos meus pais. O resto é consequência. Nas viagens, é possível ser feliz em lugares simples e em lugares luxuosos, porque o importante é viajar.

Morri ou não de amores?

Esse post faz parte de uma blogagem coletiva, onde vários blogueiros de viagens falam sobre um tema específico. Abaixo você confere o que dizem outros viajantes.

 

 

Post Author: vidadeviajete

20 thoughts on “5 coisas que Minha Filha Aprendeu Viajando

    […] 5 coisas que Minha Filha Aprendeu Viajando […]

    […] 21-Andreza Dica e Indica Disney 22-Viajo com Filhos – Fernanda 23-Por aí com os Pires  24-Vida de Viajete 25-Cantinho de Ná  26-Viajo com Filhos – Patricia 27-Carregando Malinhas  28-De Primeira […]

    […] com Filhos (Patrícia)Por aí com os PiresVida de ViajeteCantinho de NáCarregando MalinhasDe Primeira ViagemRoteiro Renatours Ferinhas ViajantesOs […]

    Daniela Xavier

    (8 de maio de 2016 - 17:59)

    Adorei seu post Natália! muito fofa sua filha… Parabéns. Feliz dia das Mães!

    […] 23 – Vida de Viajete […]

    Francine Agnoletto

    (8 de maio de 2016 - 18:39)

    Natalia,
    Deve ser super interessante viajar com eles nessa idade, onde já associam ao conteúdo estudo na escola. Adorei o post.

    Feliz Dia das mães
    Beijos,
    Fran @ViagensqueSonhamos

    dicas da rege

    (8 de maio de 2016 - 19:29)

    que lindo o que ela falou no final do post!!!!!!!!!!!! muito foooooooooooooofa!!!!!!!!!!!!

    […] Viajo com Filhos (Fernanda) 23 – Por aí com os Pires (Line Pires) 24 – Vida de Viajete 25 – Cantinho de Ná (Cynara Vianna) 26. Viajo com Filhos (Patricia) 27. De […]

    […] os Pires – O que nossos filhos aprenderam viajando 24 – Vida de Viajete – 5 coisas que minha filha aprendeu viajando 26 – Viajo com Filhos – O que meus filhos aprenderam viajando 27 – […]

    Susana Spotti

    (9 de maio de 2016 - 22:15)

    Nós também adoramos viajar de carro e desde pequenos meus filhos viajam desta forma. Sempre com paciência e ótimos companheiros . Adorei teu post.

    Claudia Pegoraro

    (10 de maio de 2016 - 02:45)

    Estar junto é o melhor, em qualquer lugar, o importante é estarmos juntos!

    […] Dica e Indica Disney 22 – Viajo com Filhos 23 – Por aí com os Pires 24 – Vida de Viajete 25 – Cantinho de Ná 26 – Viajo com Filhos 27 – Carregando Malinhas 28 – De […]

    Aline

    (11 de maio de 2016 - 11:34)

    Com certeza é pra morrer de amores! O importante é viajar sempre! Dá pra ver que as viagens também estão formando uma menina muito sensível e inteligente.
    Beijos

    Ana Paula Lima (Ferinhas Viajantes)

    (11 de maio de 2016 - 16:46)

    Amei a forma como começou o texto, “ninguém volta de uma viagem do mesmo jeito que partiu”. Não precisa dizer mais nada né! Parabéns pelo post, abraços!

    Simone Hara

    (11 de maio de 2016 - 22:46)

    Adorei o seu post e AMEI a resposta da Camille! Garota esperta! Realmente o importante é viajar – e em família, que é ainda mais divertido!
    Bjs!

    Claudia Bins

    (16 de maio de 2016 - 15:31)

    Que amor, baita resposta da Camille! Pegou a questão no seu significado mais profundo!

    Adorei

    Claudia Bins
    @AsPasseadeiras

    Cynara Vianna

    (19 de maio de 2016 - 15:35)

    Adorei o comentário sobre o conceito de felicidade! Bjs

    Sonia

    (20 de maio de 2016 - 12:50)

    Adorei as respostas dela! 🙂

    PATRICIA LONGO TAYAO

    (14 de junho de 2016 - 13:40)

    Adorei o que Camille respondeu Natália, “Ser feliz é ter saúde e estar junto dos meu pais! E do que mais uma criança precisa? Muito sábia essa menina!
    Abraços!
    Patrícia Tayão.
    http://www.viajarhei.com

    Carlos Monteiro

    (23 de junho de 2016 - 11:06)

    oi, Nathália! Adorei a frase sobre o que é ser feliz e a constatação das diferentes realidades de cada lugar. Relacionar viagens ao estudo também foi um grande ganho que você conseguiu. Parabéns! Carlos.

Deixe um comentário pra gente!