Arraial d’Ajuda

Chegamos em Porto Seguro sem hospedagem reservada e a cidade estava super lotada. Esse negócio de viajar livre parando onde der na telha tem seu lado complicado.

Decidimos atravessar para Arraial d’Ajuda, encontramos um hostel que tinha um quarto privado disponível. Pura sorte, ou não.

A travessia na balsa foi tranquila. Custou R$ 13,00 pro Fugêncio e R$ 6,00 por pessoa. Como era noite, eu não sabia se era perto ou longe, se era bonito ou não. Rsrs. Foram 20 minutos de travessia.

O Music Hostel fica bem localizado, bem próximo à Rua Mucugê. Mas é uma pena que o hostel seja ruim. Mal conservado, café da manhã fraco, sem internet e com uma diária hiper cara! Pagamos R$ 330,00. Um absurdo! Já estávamos decididos, o negócio era dormir ali e procurar outro lugar do dia seguinte.

Fomos conhecer a noite na Rua Mucugê, um local muito simpático com várias barraquinhas de comidinhas baianas e artesanato, além de vários restaurantes descolados. Esse lugar tem uma “vibe” muito boa e vimos também várias manifestações artísticas acontecendo.

No dia seguinte iniciamos a nossa saga das praias. Iniciamos pela Praia dos Pescadores. Não é “a praia” mas é boa, tem o mar calmo e é ótimo pras crianças. A única barraca que tem nessa praia é a Barraca do Nei, os preços não são tão camaradas, mas em compensação o atendimento é ótimo.

Praia dos Pescadores
Praia dos Pescadores

Após o almoço fomos conhecer a parte alta de Arraial. É uma visita rápida. Só tem o mirante, a igreja e umas lojas de artesanato. Mas é tudo muito fofo.

Vista do Mirante
Vista do Mirante
Igreja
Igreja

Partimos dali rumo à Praia de Pitinga e já fomos “extorquidos” de início. O estacionamento tinha o preço único de R$ 25,00. Eu achei caro, visto que eu não ficaria ali o dia todo. Mas como diz o ditado: “Quem está na chuva é pra se molhar”.

Escolhemos uma barraca com dificuldade. A maioria cobra consumação mínima de R$100,00. Eu não bebo e já tinha almoçado, então esse valor pra mim era muito.  Avistei um garçom com cara de simpático e joguei minha lábia  carioca pra ele… Hehe… Consegui que ele liberasse uma barraca sem consumação mínima e sem cobrança do kit das cadeiras. Que sorte!

Pitinga
Pitinga

Gostei bastante da Praia de Pitinga, mas acredito que em baixa temporada ali deve ser o paraíso. Nesse dia estava tudo lotadoooo!!

De qualquer forma, essa praia é Maravilhosa! A água tem a temperatura ideal, o mar não é agressivo, uma maravilha. Há uma parte que são pedras e ficam vários peixinhos e siris. As crianças se divertem.

Da Praia de Pitinga, podemos avistar também a Praia de Taípe. Infelizmente não deu tempo de conhecer. Fica pra próxima.

Travessia de balsa
Travessia de balsa

O dia estava terminando e decidimos atravessar de balsa pra Porto Seguro antes da noite cair… Ainda íamos nos acomodar no 2º hotel, mas isso eu conto no próximo post

Gostou? Tem dicas? Deixe aqui seu comentário…

Insira o seu e-mail e receba todas as nossas dicas!

 

Post Author: vidadeviajete

1 thought on “Arraial d’Ajuda

Deixe um comentário pra gente!