Como fazer a Rota das Emoções por Conta Própria

Muita gente me perguntou como fazer a rota das emoções por conta própria. Já digo de cara que é possível, sim! Basta um pouco de planejamento que essa viagem será incrível!

A Rota das Emoções foi oficializada em 2007 e atualmente é um dos roteiros mais desejados do Brasil.
A Rota é composta por 3 estados – Maranhão, Piauí e Ceará e envolve os paraísos naturais Lençóis Maranhenses, Delta do Parnaíba e Jericoacoara.

Como chegar?

A porta de entrada para a Rota das Emoções é São Luís (MA) ou Fortaleza (CE). Nós iniciamos de São Luís e aproveitamos o dia em que estivemos pela cidade para conhecer um pouco sobre a cidade dos azulejos. E voltamos por Fortaleza, aproveitando alguns dias por lá também.

Quantos dias ficar?

No total, percorremos toda a Rota em 11 dias e ficou assim:

  • São Luís – 1 noite;
  • Barreirinhas – 3 noites;
  • Parnaíba – 2 noites;
  • Jericoacoara – 2 noites;
  • Fortaleza – 3 noites.

Como percorrer a Rota das Emoções de carro?

Você pode contratar uma agência e fazer um roteiro personalizado, mas como a intenção desse post é contar como fazer por conta própria, vamos ao que interessa!

Para ter um pouco mais de conforto e mobilidade, eu recomendo que você alugue um carro na cidade que você escolheu pra chegar (São Luís ou Fortaleza). E não precisa ser um 4×4, dá tranquilamente para fazer a Rota das Emoções com um carro convencional.
No nosso caso, fomos de carro desde o Rio de Janeiro, mas isso é assunto para outro post. Por enquanto vamos focar na Rota das Emoções.

Ao contrário do que muita gente pensa, as estradas da Rota das Emoções encontram-se em bom estado e são bem sinalizadas.

Você vai definir a estrada que vai percorrer de acordo com o seu carro e nível de experiência. Você pode escolher andar pelo asfalto ou pelas dunas. O nosso carro é baixo e por isso só andamos pelas BRs. Mas caso você esteja de 4×4, pode escolher ir pelas dunas, mas aqui vale um pouco de bom senso – nem todo mundo que tem 4×4, sabe realmente usar. Se é o seu caso, vá pela BR!

Nosso primeiro trecho foi de São Luís para Barreirinhas. Saímos por volta das 15 horas de São Luís e as 18h30m já estávamos na cidade base para os Lençóis Maranhenses. São 260km e fomos pela BR-135 e MA-402. A estrada é ótima e o maior cuidado que você deve ter são com animais que cruzam a pista a todo instante.

Estrada o tempo todo assim
De São Luís a Barreirinhas

Veja aqui o que fazer nos Lençóis Maranhenses.

Nosso próximo destino foi a cidade de Parnaíba (PI), onde fomos conhecer o famoso Delta do Parnaíba! De Barreirinhas para Parnaíba foram 620km percorridos em um pouco mais de 7 horas. Se você estiver de carro baixo, precisa fazer esse mesmo caminho. É um pouco mais distante, mas é a forma mais segura e com as melhores estradas. Há outros caminhos mais rápidos também, mas a informação é que a estrada não estava boa, então preferimos não arriscar.

Caso esteja de 4×4, pode ir por Paulino Neves passando pelas Dunas e chegar em cerca de 5 horas, com apenas 250km.

Demos a volta ao mundo para ir pela melhor estrada. Rsrs
Estrada boa em todo o trecho
Estrada boa em todo o trecho

Veja aqui como é o passeio ao Delta do Parnaíba.

De Parnaíba fomos até Jericoacoara. São 250km que são percorridos facilmente em menos de 4 horas. Mas como estávamos de carro e a liberdade é tudo, fizemos uma parada na Praia de Barra Grande, que fica em Cajueiro da Praia – PI. Paramos por lá perto do horário do almoço e foi um ótimo Pit-stop. Recomendo!
A estrada até Jeri também é ótima. Fomos pela BR-402, pela CE-313 e CE-085, todas com bom asfalto e boa sinalização, mas com muitos animais na estrada. É bom ficar atento.

Muitos animais na pista

Para chegar em Jericoacoara, o ideal é deixar o carro em um dos estacionamentos de Jijoca e de lá seguir de pau de arara. Se estiver de 4×4, contrate um guia para te levar até a vila, mas de qualquer forma você não pode ficar circulando de carro por lá. Então acho que o melhor é deixar o carro em Jijoca mesmo.

Veja aqui o que fazer em Jericoacoara.

De Jeri até Fortaleza são 300km pela CE-085. Em cerca de 4 horas você chega na capital cearense. Mas se estiver com tempo, você pode fazer umas paradas interessantes no caminho.

Nós paramos para almoçar em Guajiru, que fica no município de Trairi. Almoçamos no Guajiru com Pimenta com uma bela vista para o mar. Fiquei com vontade de voltar e conhecer melhor Guajiru. A praia na maré baixa se transforma em grandes piscinas naturais. Uma pena que pegamos a maré cheia, mas valeu a pena.

Pena que a maré estava cheia. :/

Fizemos uma parada também em Lagoinha, no município de Paraipaba. Fomos só para ver a paisagem do mirante e para também ficar com vontade de voltar – e logo – para explorar a região.

Mirante de Lagoinha

Em Fortaleza você pode conhecer um pouco da cidade antes de devolver o carro e iniciar o seu retorno para casa.

Como percorrer a Rota das Emoções de ônibus?

Outra maneira de fazer esse roteiro por conta própria, é indo de ônibus.
De São Luís a Barreirinhas você pode ir com a empresa Cisne Branco que faz o percurso em 4 horas e meia.
De Barreirinhas a Parnaíba não existe ônibus de rodoviária, você teria que voltar para São Luís, ou se aventurar em um troca-troca de micro ônibus e pau de arara que ficaria assim: Barreirinhas – Paulino Neves – Tutóia – Parnaíba.
De Parnaíba a Jericoacoara você precisa pegar um ônibus até Camocim com a Viação Guanabara, depois ir de Camocim a Jijoca com a Fretcar e depois pegar um pau de arara até Jeri.
E de Jeri até Fortaleza tem o ônibus da Fretcar.

Os passeios:

Para os passeios, é altamente recomendado que você contrate uma empresa. Muitos não podem ser feitos por conta própria, pois ficam em áreas de proteção ambiental e somente guias credenciados podem levar os turistas até lá.
Nos Lençóis Maranhenses você pode contratar a Caetés Turismo, que faz os principais passeios da região com muito conforto e pontualidade.
Em Parnaíba, a Clip Turismo leva os viajantes para conhecer o Delta do Parnaíba em um passeio com total contato com a natureza.
Em Jericoacoara, vá com a Jeri Dunas. Que faz passeios completos pela região de buggy, que é a melhor maneira de explorar a região.

Jericoacoara

Quem pode ir?

Os passeios são recomendados para todas as idades. Crianças também se divertem muito. Somente para os lençóis é que indico para maiores de 3 anos. Para os outros destinos, qualquer idade é válida.

Camille amou a experiência

Gastos com passeios:

Vou deixar aqui os preços de alguns passeios da região para que vocês tenham uma noção.

  • Lençóis Maranhenses:

Bóia Cross no Rio Formiga – R$75.00 por pessoa
Lagoa da Esperança – R$85,00 por pessoa
Lancha pelo Rio Preguiças/Caburé/Farol – R$85,00 por pessoa
Atins – R$175,00 por pessoa

  • Parnaíba:

Catamarã pelo Delta com almoço incluso – R$60,00 por pessoa.
Passeio de Voadeira pelo Delta particular – R$300,00 para 3 pessoas.

  • Jericoacoara:

Passeio de Buggy – R$300,00 para 4 pessoas.

Gastos com combustível e Pedágio:

Nós gastamos R$600,00 de combustível percorrendo a Rota das Emoções iniciando em São Luís e terminando em Fortaleza. Em 90% das vezes abastecemos com gasolina.
Não existe pedágio na região.

Alimentação:

Gastamos cerca de R$900,00 entre almoço, janta, lanches e bobeiras que consumimos no caminho. Uma média de R$112,00 por dia para 3 pessoas. (Não está incluso o valor que gastamos em Fortaleza).
Lembrando que nosso estilo de alimentação é basicamente almoço self-service. E na janta na maioria das vezes optamos por petiscos, lanches ou pizza.

Dicas extras:

  • Procure viajar sempre de dia, pois mesmo a estrada sendo bem sinalizada, há muitos animais na pista e a noite a visibilidade pode ser prejudicada.
  • Respeite os limites de velocidade.
  • Procure abastecer em postos com bandeira.
  • Tenha sempre dinheiro em mãos, muitos lugares não aceitam cartão.
  • Use e abuse do protetor solar.
  • Não danifique a natureza e respeite as regras locais.

Gostou dessa dica? Insira seu e-mail abaixo e receba novidades em primeira mão.

Post Author: vidadeviajete

14 thoughts on “Como fazer a Rota das Emoções por Conta Própria

    paulo

    (2 de abril de 2016 - 12:39)

    Olá Natália,
    Boa tarde,
    Esse post caiu do céu…rrsrsrs..vou fazer esse roteiro em julho e estava tendo dificuldades em encontrar informações.
    Quando vcs fizeram a viagem?
    Parece que tem uma estrada nova entre Barreirinhas e Paulino Neves. Vocês chegaram a verificar o estado em que ela estava? Encurtaria muito o caminho.

    Obrigado

      vidadeviajete

      (2 de abril de 2016 - 21:39)

      Olá Paulo! Tudo bem? Fizemos em janeiro. A estrada entre Barreirinhas e Paulino Neves não está pronta. Somente carros 4×4 passam por ela. Grande parte da estrada é entre dunas ainda.
      Abraços!

    Fernanda

    (1 de maio de 2016 - 20:15)

    Natália,
    seu post caiu do céu mesmo! Também estou procurando informações sobre passeios nos Lençóis à Jeri, mas só vejo relatos de 2, 3 anos atrás. E eu ainda estava interessada em fazer de carro! A quantidade de dias que você ficou também foi boa, 11 dias nesse tanto de lugares! Pretendo aumentar mais 2 ou 3, final de agosto a inicio de setembro. Graças a sua dica vou incluir o Delta no meu roteiro. Se não rolar de carro vai de paus de arara e ônibus mesmo rs… você incluiu seus gastos com combustível e alimentação, será que poderia colocar o gasto total com os passeios? Porque pelo visto não dá pra fazer nada se não contratar os passeios né… De qualquer forma, entrei em todos os seus links e relatos… Ótimas as dicas, obrigada por compartilhar!

      vidadeviajete

      (1 de maio de 2016 - 21:03)

      Oi Fernanda, tudo bem? Que bom que o post te ajudou.
      Realmente não dá pra fazer nada sem agência, pois os passeios são em áreas protegidas e somente o pessoal credenciado pode levar.
      Segue abaixo os valores dos passeios, mas é sempre bom consultar as empresas. Em baixa estação, os valores podem ter descontos.

      Lençóis Maranhenses:
      Bóia Cross no Rio Formiga – R$75.00 por pessoa
      Lagoa da Esperança – R$85,00 por pessoa
      Lancha pelo Rio Preguiças/Caburé/Farol – R$85,00 por pessoa
      Atins – R$175,00 por pessoa

      Parnaíba:
      Catamarã pelo Delta com almoço incluso – R$60,00 por pessoa.
      Passeio de Voadeira pelo Delta particular – R$300,00 para 3 pessoas.

      Jericoacoara:
      Passeio de Buggy – R$300,00 para 4 pessoas.

      Esses são os valores. Não tenho o cálculo de quanto gastei, pois na maioria nós fomos a convite das empresas.

      Bjs!

    Flávia R.

    (21 de julho de 2016 - 12:07)

    Oi Natalia!!!

    Tudo o que precisava encontrar. Super 10!
    Quero fazer o mesmo roteiro saindo de Fortaleza. A CE-85 até Parnaíba tá tranquila?
    E de Parnaíba para Barreirinhas qual o melhor trajeto, saberia informar?
    Tem ônibus de Parnaíba para Barreirinhas: Qual seria o valor da passagem?

    Gostaria que pudesse responder para meu email se possível =)

    Abs!!

      vidadeviajete

      (20 de agosto de 2016 - 12:47)

      Oi Flávia, tudo bem?
      A CE-085 está boa, sim. Só recomendo que evite viajar a noite, pois tem muitos animais na pista.
      Em relação ao melhor trajeto entre Parnaíba e Barreirinhas, no próprio post tem um mapa do trajeto que fizemos. É bem longo, mas como nosso carro é baixo, não temos outra opção.
      De ônibus, você teria que pegar de Parnaíba para São Luís para depois voltar para Barreirinhas.
      Bjs!

    Gisele

    (26 de setembro de 2016 - 08:36)

    Maravilhoso seu relato, também sou do RJ estou pasma que se aventurou a ir de carro daqui.
    Poderia dar dica dos lugares que se hospedou.

    cynthia braga

    (27 de setembro de 2016 - 16:43)

    ola
    adorei seu blog, estou indo fazer a mesma viagem em novembro, saindo de BH. Vc disse q saiu do Rio de carro? como foi a chegada ate Sao Luis? As estradas estao em bom estado de conservaçao? abraço

      vidadeviajete

      (4 de outubro de 2016 - 17:01)

      Oi Cynthia, tudo bem?

      Sai do Rio sim, mas fui por BH. A estrada é quase toda boa. O problema começa na BR135 depois de Imperatriz. Ali você precisa redobrar a atenção e evitar dirigir à noite. Tem muitoooo buraco e muitos animais na pista.

      No mais, a viagem é incrível.

      Bjs!

    Flávia

    (28 de dezembro de 2016 - 16:02)

    Ola boa tarde.
    Também sou do Rio. Estou me planejando fazer a viagem em Julho/17. Vou sozinha (será que tem algum perigo em fazer o trajeto sozinha). Quero fazer o mesmo percurso, mas vou de avião até São Luiz. Eu tenho uma dúvida você disse que não existe como ir de Barreirinha para o Parnaíba de ônibus, será que tem alguma agência que faz esse roteiro?
    Guardei todas as suas dicas.
    beijo grande!
    Flavia

      vidadeviajete

      (1 de janeiro de 2017 - 21:17)

      Oi Flávia, tudo bem?
      Existem várias empresas que fazem esse trajeto sim. Verifique com a Caetés Turismo, eles são ótimos. Mas existem várias outras empresas.
      Acredito que o trajeto não seja perigoso não. Muitas mulheres viajam pra lá sozinhas. É só ter o cuidado de sempre.

      Abraços.

    keli

    (13 de fevereiro de 2017 - 10:55)

    Oláááá! Nossa, teu blog é tudo de bom! Amei as dicas! Vamos para lá em julho e estou seguindo todas as tuas dicas!
    Vc tem algum contato do guia do trekking para me informar ou algum para me indicar???

    Abração

      vidadeviajete

      (16 de fevereiro de 2017 - 20:18)

      Oi Keli, tudo bem?

      Nós fizemos todos os passeios nos Lençóis Maranhenses com a Caetes Turismo. Você pode procurar o Roberdan e dizer que é leitora do Vida de Viajete.

      Abraços.

Deixe um comentário pra gente!