O que fazer em Paraty

Há muito tempo eu cogito a hipótese de conhecer Paraty mas nunca conseguia ir. As vezes por conta do clima – lá é uma região que chove constantemente – outras por falta de tempo.

Até que por sorte ganhei um voucher do meu pai de uma pousada que ele se hospedou em janeiro mas não pode ficar todos os dias, pois foi chamado no trabalho. Como não devolvem o valor já pago em alta temporada foi gerado um voucher, que ele passou pra mim. Valeu pai!

Não havia mais desculpas, e sim prazos. Teria que usar o voucher em até 1 ano para não perder. Esperei passar o período mais chuvoso e marquei a viagem 1 semana antes de ir, pois não podia dar margem pro tempo ruim. Vi a previsão de sol e corri para marcar a data. Sorte! Fiquei com a última vaga da pousada. 🙂

Paraty fica na Costa Verde do estado do Rio de Janeiro, a 260km da capital e a 300km de São Paulo. Na ida fomos pela Dutra e entramos por Rio Claro, e voltamos pela linda Rio-Santos, entramos por Itaguaí até chegar a Dutra novamente. Ambos os caminhos estão ótimos.

Caminho da Ida
Caminho da Ida
Caminho da Volta
Caminho da Volta

Onde se hospedar:

Nós ficamos na Pousada Rumo dos Ventos que fica no Portal das Artes. Se você quiser sossego e natureza é um ótimo bairro, repleto de pousadas super fofas, mas fica a 10min do centro de carro e a 30min a pé.

Pousada Rumo dos Ventos
Pousada Rumo dos Ventos

Há muitas pousadas no Centro Histórico também. Se estiver sem carro, acho que é a melhor opção. Mas é bem mais movimentado. Algumas pousadas não possuem estacionamento, então é bom verificar antes se for de carro.

Reserve aqui seu hotel em Paraty.

O que fazer em Paraty:

Paraty é repleto de praias, cachoeiras e cultura. O Centro Histórico já é um passeio e tanto.

No Centro você pode fazer um passeio de charrete, onde o condutor conta toda a história do local e algumas curiosidades.

Passeio de Charrete pelas ruas do Centro
Passeio de Charrete pelas ruas do Centro

Você pode explorar tudo a pé também, que foi o que nós fizemos. Pegue um mapa da cidade no centro de informações turísticas pra se localizar.

Entre nas lojinhas, nas igrejas, repare no cantor da rua, nas pedras e se perca nas cores de Paraty.

Todas as ruas são um charme
Todas as ruas são um charme

Paraty não tem tantas praias lindas próximas ao centro. Para curtir de verdade o paraíso, vá de escuna ou contrate um barquinho privado no cais. Nós não fizemos esse passeio, mas pelo o que vi vale muito a pena. Na próxima embarcaremos com certeza.

Nós conhecemos a Praia do Pontal que fica bem colado ao Centro Histórico. Não é boa pra banho, pois é ali que os barcos ficam, mas pra uma caminhada é uma delicia.

Vista do Cais do Pontal
Vista do Cais do Pontal

Conhecemos também a Praia do Jabaquara. Nessa praia há várias opções de hospedagem à beira mar. Muitas barracas de praia que funcionam como restaurantes estão localizadas nessa região. A praia é ótima para crianças, pois não tem onda. O mar é super calmo.

O sol não apareceu no último dia :(
O sol não apareceu no último dia 🙁

Conheça também o Forte de Paraty. Ele não é tão divulgado, mas vale a pena. A vista lá de cima é bem bonita. Fica entre a Praia do Pontal e Jabaquara.

Fortes e Fortalezas guardam histórias incríveis
Fortes e Fortalezas guardam histórias incríveis

As cachoeiras de Paraty não podem ficar de fora do seu roteiro. Se estiver sem carro, contrate uma agência de passeio para maior conforto. Nós fizemos assim: olhamos no site de uma empresa o roteiro do passeio e fizemos igual, mas por conta própria. Além de economizar, tivemos mais autonomia.

Cachoeira do Tobogã
Cachoeira do Tobogã

Fizemos o mesmo em Trindade. E te digo: vale muito a pena conhecer as praias de lá. Não vá em Paraty sem conhecer Trindade.

Piscina Natural do Caixa d'Aço
Piscina Natural do Caixa d’Aço

Uma dica para fugir da muvuca é: faça os passeios o inverso das agências. Se eles começarem pela praia do Cepilho, por exemplo, comece pelo Caixa d’Aço. Se eles começam pela Cachoeira Pedra Branca, comece pelo Tobogã. Assim você vai conseguir visitar esses locais com mais tranquilidade e sem aquele monte de excursão chegando junto. (Nada contra, ok? É só uma dica pra quem quer fazer por conta própria).

Conheça também um Alambique, que faz parte da cultura de Paraty. Nós conhecemos dois que estavam no caminho: o Engenho d’Ouro e o Pedra Branca.

Mesmo que você não beba (nós não bebemos), vale a pena a visitava para ver como é o processo de fabricação. Nas lojinhas dos Alambiques vendem doces deliciosos também.

O Alambique Engenho d’Ouro fica em frente a entrada da Cachoeira do Tobogã e já fica a dica pra almoço. Eles possuem um restaurante self service delicioso (também atende a la carte) com ótima comida caseira. Almoçamos por lá e valeu muito a pena. Preço justo também.

Alambique Engenho d'Ouro
Alambique Engenho d’Ouro
Restaurante Engenho d'Ouro
Restaurante Engenho d’Ouro

O Alambique Pedra Branca fica na estrada para a Cachoeira Pedra Branca. É um espaço grande e na lojinha há degustação de cachaças e de doces também.

Alambique Pedra Branca
Alambique Pedra Branca
Camille pediu pra fazer essa foto.. haha
Camille pediu pra fazer essa foto.. haha

Se estiver com crianças inclua a Mini Estrada Real no passeio e o Paraty Sport Aventura, onde crianças e adultos podem fazer arvorismo e tirolesa em vários níveis de dificuldade. Não tivemos tempo suficiente para esses últimos, mas voltaremos para conhecer em breve.

Recomendo que você fique pelo menos 2 dias inteiros para conhecer pelo menos o básico – praias + cachoeiras + centro histórico. Mas se puder ficar mais, melhor ainda.

Nos próximos posts vou detalhar tudo sobre as praias de Trindade e as Cachoeiras de Paraty. Enquanto isso me segue lá no Instagram – @vidadeviajete – que tem fotos incríveis desse lugar que eu chamo de Doce Paraty…

É ou não é lindo?
É ou não é lindo?

Reserve aqui seu hotel em Paraty. Você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a manter o projeto do blog.

Gostou dessa dica? Insira seu e-mail abaixo e receba novidades em primeira mão.

Post Author: vidadeviajete

7 thoughts on “O que fazer em Paraty

    As Praias de Trindade | Vida de Viajete

    (21 de outubro de 2015 - 11:43)

    […] ← O que fazer em Paraty Pesquisa […]

    karinaferrer2009

    (3 de novembro de 2015 - 21:29)

    Uma coisa eu decidi depois de ler este post: qualquer lugar que eu vá sempre virei aqui antes para consultar, pq fui em Paraty e fiquei com a impressão que não fui. Não desfrutei nada dessa beleza de lugar.

      vidadeviajete

      (3 de novembro de 2015 - 23:17)

      Então vamos marcar de voltar juntas? Vai ser legal! Bjs!

    felipe

    (30 de novembro de 2015 - 10:23)

    Realmente paraty e um lugar magico eu fui quando criança e legal de vê que ela mudou quase nada,estou louco pra leva minha filha para conhecer esse lugar rico em cultura…..

      vidadeviajete

      (30 de novembro de 2015 - 13:17)

      Leva sua filha mesmo! O lugar é incrível, estou doida pra voltar…

    maria eugenia gouvêa Rodrigues

    (16 de fevereiro de 2016 - 12:01)

    Já conheço Paraty mas ainda encontro coisas diferentes para fazer. Estou indo neste fim de semana. O caminho do ouro dá para fazer por conta própria Vale a pena Aceito dicas

      vidadeviajete

      (16 de fevereiro de 2016 - 18:38)

      Maria, pro caminho do Ouro é obrigatório a contratação de um guia. Nós não fizemos ainda. Bjs!

Deixe um comentário pra gente!